A Organização de Proprietários Europeus (ELO) anuncia a abertura do período de candidaturas ao "Land And Soil Management Award 2018/2019"

A European Landowners’ Organization (ELO) deu início ao período de candidatura ao prémio "Land and Soil Management Award 2018/2019", qual terminará em 31 de dezembro.

Criado em 2008, o Prémio visa recompensar a utilização de práticas que visem a preservação da fertilidade do solo, mitigando os fatores que a ameaçam, nomeadamente: a degradação do solo, erosão, a redução do conteúdo de matéria orgânica, a contaminação difusa e compactação, a redução da biodiversidade do solo, a salinização, as inundações e os deslizamentos de terra.

Pretende-se assim, dar a conhecer novos conceitos de proteção do solo e sua implementação no maneio do solo, bem como aumentar a consciencialização sobre a importância das funções do solo.

Em 2016, o Prémio foi atribuído à empresa portuguesa Portalimpex , que venceu com o projecto: “Creating new land and soil management opportunities under Mediterranean soil and climatic limitations”

Com o valor de 5 mil euros, o Prémio será anunciado durante o Fórum para o Futuro da Agricultura (FFA - Forum for the Future of Agriculture), uma iniciativa conjunta da ELO e da Syngenta que se realiza anualmente em Bruxelas.

Podem concorrer quaisquer agricultores ou grupo de agricultores, com ou sem parceria com centros de investigação, uma vez que este não é um requisito obrigatório à candidatura.

O prazo para a apresentação de candidaturas termina no dia 31 de dezembro de 2018. Estas deverão ser apresentadas, preferencialmente, em língua inglesa e submetidas por e-mail para: Emmanuelle.mikosz@elo.org .

Para mais informações, consulte o link:

http://www.europeanlandowners.org/awards/soil-land-award?mc_cid=147a7990c9&mc_eid=f6e8e4c8af