A CAP está a realizar ao longo de janeiro uma ronda de Conselhos Consultivos Regionais, numa volta ao país que pretende ouvir os dirigentes associativos das várias regiões sobre as questões da atualidade da agricultura portuguesa e esclarecer estes representantes sobre diversas matérias relacionadas com o setor.

Nos dias 21 e 22 de janeiro, a Confederação conclui esta ação com os Conselhos Consultivos Regionais, respetivamente, do Baixo Alentejo e Algarve, em Beja, e do Alto Alentejo, em Portalegre.

Esta série de encontros iniciou-se no dia 7 de janeiro, com o Conselho Consultivo do Oeste, em Torres Vedras, e prosseguiu no dia 9, no Cartaxo, com o Conselho Consultivo do Ribatejo.  Posteriormente, no dia 16 de janeiro, a CAP marcou presença em Arcos de Valdevez, no Conselho Consultivo da Região de Entre Douro e Minho. No dia seguinte, já em Vila Flor, realizou-se o encontro com os dirigentes associativos regionais de Trás-os-Montes e, posteriormente, no dia 18, já no Centro, a Confederação encontrou em Castelo Branco os dirigentes associativos daquela região.

Para além das questões específicas relativas a cada região, são tratadas nas várias reuniões temas abrangentes, como a situação do Programa de Desenvolvimento Rural (PDR) e a reforma da Política Agrícola Comum (PAC).