No dia 7 de junho, quinta-feira, pelas 9h30, na sala Ribatejo, a CAP promove um encontro internacional sobre a utilização da biotecnologia e a sua ligação à agricultura, numa polémica que normalmente envolve Organismos Geneticamente Modificados, vulgo OGM’s.

O Seminário «Que lições aprendemos com o debate sobre os OGM’s?» pretende repor o debate do lado da ciência e da aliança entre agricultura e biotecnologia para cultivo de plantas mais eficientes.

A biotecnologia é utilizada desde a antiguidade, na produção de pão e bebidas fermentadas, consistindo num conjunto de técnicas que envolvem a manipulação de organismos vivos para a obtenção de produtos específicos ou modificação de produtos.

O aparecimento de estudos em microbiologia e biologia molecular, o conhecimento na manipulação de micro-organismos e genes tornou possível a produção de diversos medicamentos e alimentos, ou seja, técnicas e materiais de última geração.

A agricultura e a biotecnologia tornaram-se aliados para que o cultivo de plantas fosse mais eficiente, controlando doenças, pragas e problemas climáticos, por exemplo, que sempre foram obstáculos à produção de alimentos.

Os oradores convidados, peritos nacionais e estrangeiros, vêm analisar e debater o papel e a importância da engenharia genética enquanto solução para reduzir perdas e conseguir aumentos de produtividade.

Inscrições são gratuitas mas deve registar-se em: https://www.eventbrite.pt/e/bilhetes-conferencia-internacional-que-licoes-aprendemos-com-o-debate-sobre-os-ogms-45930251619