Domingo, 24 Setembro 2017

CAP.PT: NOTÍCIAS » IEFP

IEFP

Programa de Estágios do IEFP: Prazo Alargado

Foi alargado o prazo para a realização de candidaturas ao novo Programa de Estágios do IEFP – Instituto do Emprego e Formação Profissional. Em 2017, este programa terá três períodos de candidatura. O primeiro está a decorrer desde o dia 16 de maio, encerrando às 18:00 horas do dia 31 de julho, estando as próximas aberturas previstas para agosto e dezembro. Aconselha-se que as entidades interessadas apresentem as suas candidaturas com brevidade. Outras informações encontram-se disponíveis no website do IEFP (https://www.iefp.pt/), e através do telefone 300 010 001 (das 08:00 às 20:00 horas).

Apoio à mobilidade no mercado de trabalho entra em vigor

Entrou em vigor no  dia 19 de abril uma medida ativa de emprego no sentido de promover a mobilidade geográfica no mercado de trabalho. A medida, criada pela portaria 85/2015, de 20 de março, consiste num apoio financeiro atribuído pelo Instituto do Emprego e Formação Profissional (IEFP) a desempregados inscritos no Instituto por um período superior a 3 meses, que pretendam responder a ofertas de emprego, distantes da residência do desempregado. A iniciativa visa a satisfação de ofertas de trabalho que não teriam resposta por falta de recursos económicos para o efeito.

Continuar...

CAP celebra acordo de cooperação com o IEFP

A CAP e o IEFP – Instituto do Emprego e Formação Profissional, celebraram um Acordo de Cooperação, no âmbito da medida Vida Ativa – Emprego Qualificado, no sentido de reforçar a qualidade, a eficácia e a agilidade das respostas no âmbito das medidas ativas de emprego, particularmente no que respeita à qualificação profissional.
 
Este acordo prevê a realização de 251.460 horas de formação, abrangendo 550 desempregados, inscritos nos serviços de emprego, em ações de formação nas áreas de Produção Agrícola e Animal, Floricultura e Jardinagem, Turismo e lazer, informática, entre outras. A medida Vida Ativa pretende reforçar a qualidade e a celeridade das medidas ativas de emprego, em particular no que respeita à qualificação profissional.
A medida destina-se a desempregados, subsidiados ou não, registados nos Serviços de Emprego do IEFP, há mais de 6 meses. São considerados prioritários desempregados que não possuam o 9.° ano de escolaridade ou uma qualificação ajustada ao mercado de trabalho, bem como desempregados que integrem agregados familiares em que ambos os membros se encontrem desempregados ou agregados monoparentais. Outras informações poderão ser obtidas nos centros de formação da CAP da sua região.

IEFP autoriza entrada de 1500 estrangeiros

Os 1500 empregos tinham sido anteriormente oferecidos durante um mês a cidadãos portugueses ou da União Europeia sem que as vagas tenham sido preenchidas.

Continuar...